A Caravana em Defesa da Educação Pública do CPERS/Sindicato percorre o RS para denunciar o desmonte do Estado.

Em Santa Rosa a Caravana estará no dia 1º de agosto e se reunirá com professores e funcionários de escolas para debater com a base da categoria sobre os dois projetos de Estado que estão em disputa nestas eleições e destacar a defesa intransigente da educação pública de qualidade e a valorização dos profissionais da educação.

Dirigentes do CPERS destacam a urgência do pagamento da reposição salarial de 23,29%, a retirada de direitos orquestrada por Temer e Sartori, ambos do MDB, a miserabilidade em que a categoria se encontra, os gastos do governo com ajudas de custo, viagens e empreiteiros enquanto a educação recebe 101 milhões a menos de investimento, além de apresentar os deputados que votaram contra os educadores e demais servidores ao apoiarem projetos de Sartori que atacam direitos históricos do funcionalismo público gaúcho.

O CPERS não tem que dizer para a categoria em quem votar. Este não é o nosso papel. Mas temos que alertar sobre aqueles que vão continuar a política de Sartori. A nossa caravana tem esse papel de conscientizar e alertar quanto à importância do voto. Anular o voto é um equívoco. Não votar ou votar em branco é ajudar a manter o que está aí. Precisamos de alguém que perceba a importância de uma educação pública de qualidade e valorize os servidores públicos”, afirmou a presidente do CPERS, Helenir Aguiar Schürer.

Agenda da Caravana do CPERS na Região Noroeste:

31/07 – Três de Maio

01/08 – Santa Rosa

02/08 – Cerro Largo

Pin It on Pinterest

Share This