IJUÍ (RS) – Com o objetivo de discutir os efeitos da violência de Estado, a Unijuí vai realizar a segunda edição do Simpósio “O Sujeito Diante da Violência”, que ocorrerá nos dias 05 e 06 de setembro. As inscrições estão disponíveis no Portal, na página do evento, ao valor de R$ 50.

A ideia é refletir sobre como a violência de Estado afeta as pessoas direta ou indiretamente. O evento ganha a sua segunda edição pela importância da temática e devido ao sucesso da primeira edição. Ele também vai valer como Tópico Especial do Mestrado em Direitos Humanos e para o Seminário Temático do Programa de Pós-Graduação em Educação nas Ciências”, observa a professora Íris Fátima Campos.

O evento é uma promoção do Curso de Psicologia e demais Cursos do Departamento de Humanidades e Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação nas Ciências: Mestrado e Doutorado, e Programa de Pós-Graduação em Direito: Mestrado em Direitos Humanos.

Programação

No dia 05 de setembro, no turno da manhã, no Salão de Atos Argemiro Jacob Brum, os professores Luis Carlos Tau Golin (UPF) e Dinarte Belato (Unijuí), fazem palestra sobre “Cultura e Violência no Rio Grande do Sul”. No turno da tarde, a professora Maria Regina Johann (Unijuí) fala sobre “Arte e Violência”. No turno da noite, a professora Íris Fátima Campos (Unijuí) vai realizar a fala “Tributo aos resistentes”. Logo após, Maíra Brum Righi fala sobre “Clínica do Testemunho – a psicanálise e a política”. “Com essas temáticas, vamos englobar três áreas: a história, a arte e a psicanálise”, avalia a professora Íris.

No dia 06, a professora Virgínia Cavichioli (UFSM) vai abordar sobre “Violência de Estado”. E, na sexta-feira, no turno da tarde, pessoas que viveram violência de estado vão participar de uma roda de testemunho sobre o tema. O evento será encerrado com um show do acordeonista Gerson Antunes, que está preparando um repertório com músicas ligadas a cultura gaúcha, missioneira e latina.

Pin It on Pinterest

Share This