Crédito: MAB/RS

Ao longo dos dias 10 a 14 de junho, 6 militantes do Movimento de Atingidos por Barragens/RS percorreram a região de fronteira entre Brasil e Argentina, ao longo do Rio Uruguai, debatendo sobre a ameaça de construção do Complexo Hidrelétrico Binacional Garabi/Panambi e todas as problemáticas que acompanham a construção desses grandes empreendimentos. Dentre elas está a falsa promessa de desenvolvimento regional, a perca da soberania nacional, os impactos sociais, ambientais e econômicos, violação de direitos humanos, segurança das populações atingidas e ameaçadas, destinação da riqueza gerada, além da proposição de formas alternativas de energia. Ao longo da semana, as militantes, que compõem a Coordenação Estadual do MAB, percorreram a província de Misiones, com atividades nos municípios de Apostoles, Posadas, El Soberbio, Colônia Aurora, Santa Rita, Aristóbulo del Valle, Eldorado, Puerto Rosário e Puerto Iguazú.
Ao decorrer da semana, foram concedidas entrevistas à diversas rádios, como a El Progreso, na Colônia Aurora; Rádio Estilo FM e Rádio Universitária FM, da Universidade Nacional de Misiones (UNaM), ambas em Posadas; Rádio FM União, em Santa Rita; Rádio Nacional, Rádio Iguazú Misiones e Rádio FM Vision, em Puerto Iguazú; além de uma coletiva de imprensa, com a presença de mídias alternativas e provinciais, em El Soberbio.
Em El Soberbio, participaram de atividade na Câmara de Vereadores, com a presença de estudantes, professores, deputados, prefeitos, vereadores, ambientalistas e sociedade civil. Em Puerto Rosário, foram apresentados testemunhos de atingidas por barragens no Brasil, com a presença de agricultores de El Soberbio e participantes do grupo de agroecologia ligado à Igreja Evangélica do Rio da Prata. Em Puerto Iguazú, na La Aripuca, participaram de uma conversa sobre “Alterações sociais das mega represas”. No município de Apostoles, participara do espaço “Garabi/Panambi: a nova (velha) agenda política e econômica”, na sede da Associação dos Trabalhadores do Estado (ATE) Seccional Zona Sul, com a presença de trabalhadores urbanos e rurais sindicalizados e autônomos.
Também desenvolveram diálogos com estudantes de ensino fundamental e médio em Colônia Aurora, na Escola Agrícola de El Progreso; Escola Família Agrícola da Colônia Alicia Alta; Escola Família Agrícola de Santa Rita; e Escola Normal Superior, que forma professores da educação primária, em Aristóbulo del Valle. Além disso, participaram de mesas na Faculdade de Humanidades e Ciências Sociais da UNaM, em Posadas, e na Faculdade de Ciências Florestais da UNaM, em Eldorado, com presença de estudantes, professores, membros da Frente Pátria Grande e Federação Argentina de Estudantes de Agrárias.

Crédito: MAB/RS

 

Diversas propostas foram construídas a partir dos diálogos, como a exibição do filme “Arpilleras: atingidas por barragens bordando a resistência” com os estudantes; construção da Conferência Internacional sobre os Impactos Socioambientais de Garabi/Panambi, com alternativas energéticas; intercâmbio entre jovens da UNaM e do Brasil, para troca de experiências e avanço nos debates sobre alternativas energéticas e direitos humanos; além da construção e fortalecimento do Movimiento de Afectados por Represas – MAR, na América Latina.
Ao longos dos anos o MAB construiu legitimidade na região da fronteira, pelo conhecido histórico de luta do movimento e, a partir do roteiro realizado, foram firmadas parcerias para as lutas futuras, que serão intensas. A palavra de ordem “Águas para a vida, não para a morte” está bem presente, refletindo o sentimento do povo de pertença ao Rio Uruguai e defesa deste, afirmando que é possível promover o desenvolvimento a partir de formas alternativas de geração de energia, com respeito às pessoas e à natureza. A agenda de atividades possibilitou a abertura de um canal de diálogo entre os ameaçados por Garabi/Panambi do Brasil e Argentina, unidos pelo Rio Uruguai, na defesa dos rios e da vida.

ÁGUA E ENERGIA COM SOBERANIA, DISTRIBUIÇÃO DA RIQUEZA E CONTROLE POPULAR!

[texto de Grasiele Berticelli – MAB/RS]

fotos: MAB-RS

 

Pin It on Pinterest

Share This