Crédito: MAB/RS

Crédito: MAB/RS

 

MAB entrega documento com propostas para a subcomissão de barragens da ALERGS

PORTO ALEGRE (RS) // Na manhã do dia 28/06, o Movimento de Atingidos por Barragens do Rio Grande do Sul (MAB) esteve na Assembleia Legislativa do estado, fazendo a entrega do ofício com as propostas dos atingidos por barragens do RS para compor o relatório final da Subcomissão de Barragens da Assembleia Legislativa.
A Subcomissão, aprovada pela Comissão de Saúde e Meio Ambiente da ALRS, atuou durante 120 dias, promovendo audiências públicas no estado, sendo uma na Câmara de Vereadores de Erechim no dia 24/05 e uma na ALRS, no dia 03/06. Os debates realizados resultarão na elaboração de um relatório final, que aponta os problemas e propõe soluções na área de segurança de barragens. Enquanto atingidos e atingidas por barragens, e entidade representante destes, o MAB participou de todas as audiências e elaborou um documento, em forma de ofício, com diversas proposições para avançarmos no tema da segurança das populações atingidas e ameaçadas, que vivem nos entornos e a jusante das barragens no estado.
Considerando o descaso com a segurança do povo por parte das empresas donas das barragens e a não efetivação da política estadual de direitos das populações atingidas e ameaçadas, é fundamental e urgente o avanço na garantia de direitos para quem vive nos entornos e a jusante das barragens.
Os ofícios foram entregues no gabinete do deputado Paparico Bacchi, do PL, presidente da Subcomissão de Barragens da ALRS e no gabinete do deputado Juliano Franczak (Gaúcho da Geral) do PSD, presidente da Frente Parlamentar de Análise da Situação das Barragens do RS.

Água e energia com soberania, distribuição da riqueza e controle popular.


[Grasiele Berticelli – MAB/RS]

Pin It on Pinterest

Share This