Nem mais, nem menos

VIOLÊNCIA – Quando assunto tão delicado e importante povoa o noticiário, os jornais, as redes sociais e é o tema do café, do almoço, da janta e dos intervalos cada um/a tem solução: “precisa tirar as crianças do tráfico”, “tem que ter pena de morte”, “bandido bom é bandido morto”, “a educação, a saúde e a cultura precisam subir o morro”, e assim por diante. Percebem a neutralidade dos verbos? Afinal, quem é o sujeito executor de tais ações? Se a pergunta for dirigida a alguém na rua provavelmente a resposta será: “o governo.” Mas, o que é o governo? Quem é o governo? CONFIRA O TEXTO DA PROFESSORA ANA MARIA DE OLIVEIRA

O Imposto Sindical e os Sindicatos

OPINIÃO – Confira a coluna de Paulo Schmidt, presidente do Sindicato dos Bancários de Santa Rosa. Schmidt destaca no texto, que o imposto sindical serviu para manter estruturas arcaicas, sindicatos de fachada e peleguismo sindical. Argumenta ainda que essa discussão é casuísta e pouco criativa. LEIA MAIS…

Agora que o pato foi pago devemos silenciar o coaxar dos sapos

DROPS DO JUCARAI – Nosso colunista de política volta com toda a verve. (ou seria ferve?). Bem, vamos adiante! O Drops (não Dops!) do Jucarai está mordaz e ferino. Atacou o pato e agora vai pra cima do sapo! Que falta de amor aos bichinhos!.. mas, enfim, o texto está aí para ser digerido ou… regurgitado! ADELANTE!

Feminicídio, quando o ódio ao feminino, provoca o extermínio de mulheres. 

CERRO LARGO – Os índices da violência contra mulheres são alarmantes e de todo tipo: 1 estupro a cada 11 minutos. 1 mulher assassinada a cada 2 horas. 503 mulheres vítimas de agressão a cada hora. 2 espancamentos a cada 2 minutos. Dentre 1.070 ocorrências de feminicídio, entre os anos de 2015 e 2016, 195 dos casos foram registrados apenas no Rio Grande do Sul (o estado que apresenta o maior índice em números absolutos), uma média de 2 casos por semana . Confira o texto da professora Sandra Vidal Nogueira e Elieser Silva.

Uma eleição sem Lula como candidato defrauda a própria soberania popular

Antigo ministro da Justiça de Lula da Silva é um dos principais defensores do ex-presidente, que na quarta-feira pode ser condenado em segunda instância por corrupção e ficar afastado das presidenciais de outubro. Ao DN, Tarso Genro diz que o Partido dos Trabalhadores (PT) não quer falar de um plano B. O ex-governador de Rio Grande do Sul fala em reproduzir a “geringonça” portuguesa no Brasil. CONFIRA!

Garotos da Rua, do céu e da terra (por Jaqueline Grando)

GAROTOS DA RUA – A lendária banda Garotos da Rua se apresentou no Clube Concórdia no último sábado, dia 23, em evento promovido pelo Pirata’s Pub que comemora três de fundação. Nossa repórter especial Jaqueline Grando esteve lá e conta para nós como foi curtir a banda que alcançou sucesso nacional nos anos 1980. CONFIRA!

O mito da democracia racial

RACISMO | Confira o texto Dra. Mônica Fenalti Delgado Pasetto – Especialista em Direito do Trabalho e Processo do Trabalho pela PUCRS – Procuradora do Trabalho – Ministério Público do Trabalho, integrante da Procuradoria Regional do Trabalho da 4ª região. Segundo ela, “o preconceito inconsciente está enraizado de tal modo na nossa sociedade que, no ambiente de trabalho, já se pode inclusive medir. Segundo o IBGE, em 2013, só em Porto Alegre a diferença salarial entre negros e brancos chegava a R$ 669,78, já em São Paulo essa diferença era ainda maior e girava em torno de R$ 1021,85.” ACESSE e CONFIRA o texto na íntegra!

Internacionalização do Caminho das Missões

TURISMO – A partir deste mês de outubro 2017, no dia 12 se iniciou a “Internacionalização do Caminho das Missões” com caminhada que está em pleno andamento iniciada nos municípios de Corpus Christi e San Ignácio Mini na Argentina, onde ocorreu o lançamento da internacionalização pela parte da manhã do dia 13, com a presença de prefeitos municipais do Brasil que foram prestigiar o evento. CONFIRA NA ÍNTEGRA O TEXTO DE JOSÉ ROBERTO DE OLIVEIRA.

Ética e Sustentabilidade com Leonardo Boff

COLUNA – A passagem de Leonardo Boff por nossa região foi marcante e mobilizou inúmeras pessoas que foram conhecer ouvir as palestras do teólogo, historiador e professor, uma referência cultural e política. Neste texto, Volmir Ribeiro do Amaral faz uma análise dos eventos e dos temas abordados por Boff para as plateias que o recepcionaram. Amaral é graduado em Filosofia e Mestre em Desenvolvimento pela Unijuí. CONFIRA O TEXTO NA ÍNTEGRA.

O machismo não perdoa sequer mulheres recobertas por lençóis da burguesia

LENÇÓIS DA BURGUESIA – A desqualificação da esposa, a qual presenteou com um vestido de noiva chanel avaliado em 180 mil euros, assim como o tratamento dados às demais mulheres é recheado de muita perversidade. Todas, indistintamente, são vistas como ‘inocentes úteis’ a serviço de sua agenda de negócios e seus interesses sórdidos. Um contexto machista de realismo fantástico no melhor estilo de Nelson Rodrigues! CONFIRA A COLUNA DA PROFª SANDRA NOGUEIRA.

O fascismo sem máscaras – Coluna da Profª Sandra Nogueira

COLUNA – Confira texto da Professora Sandra Vidal Nogueira em sua coluna mensal para a Revista Afinal. Ela discorre sobre o “fascismo”: origens, (pré) conceitos e perfis dos defensores deste fenômeno criado por Mussolini, na Itália pós-Primeira Guerra. “Possui uma dinâmica própria que é a disseminação do ódio contra o que existe e uma não aceitação aos princípios constitucionais: democrático de direitos e de bem estar social” – afirma a professora em seu texto. ACESSE e SAIBA+

Brasil: colônia penal tupiniquim

TATOO NA TESTA – A reflexão do Professor Sidinei Cruz Sobrinho analisa a tortura imposta a um jovem de 17 anos, por dois homens, que foram presos em São Bernardo do Campo (SP). Eles tatuaram na testa do jovem a frase “eu sou ladrão e vacilão”, gravaram em vídeo e postaram na internet. O tema causou uma ampla comoção em repúdio ao ato. Confira o texto!

Liberalismo a jato!

COLUNA – PAULO SCHMIDT – Confira a mais recente coluna de Paulo Schmidt, presidente do Sindicato dos Bancários de Santa Rosa e Região.

Diretas Já, Projeto Nacional e outra República!

COLUNA – O Governo acabou! Inimigo público por excelência e princípio, o Estado brasileiro cumpriu ao longo do último período o papel de manter o privilégio dos Bancos e do dito ‘Mercado’ em detrimento dos interesses nacionais, da soberania e da democracia. [Confira a nova coluna de Vinícius Puhl]

Períodos

Editorias

Eventos

Facebook

Unable to display Facebook posts.
Show error

Error: (#4) Application request limit reached
Type: OAuthException
Code: 4
Please refer to our Error Message Reference.

Pin It on Pinterest

Share This