Empresa anuncia conexões aéreas com a capital

Empresa anuncia conexões aéreas com a capital

SANTA ROSA – O presidente da TwoFlex linhas aéreas destacou que num período de 30 a 45 dias os voos já devem estar funcionando. Os voos serão diários com capacidade para nove pessoas. LEIA MAIS…

Comerciária ganha moto zero

Comerciária ganha moto zero

SANTA ROSA – A comerciária Juliana Kamchem foi contemplada com uma moto zero quilômetro no sorteio promovido pelo Sindicato dos Comerciários. LEIA MAIS…

Não Eventos

Períodos

Editorias

Eventos

  • Nenhum evento

Facebook

O GOLPE CAMINHA. PARA ONDE?

[do jornalista Moisés Mendes]

O estranho das reações à ‘greve’ dos caminhoneiros é que muita gente parece se negar a fazer uma conexão entre o que está acontecendo e o golpe.
Para muita gente de classe média, essa talvez seja uma briga dos caminhoneiros com a Petrobras. É a negação da realidade.
Eles brigam e o resto, e que resto, apenas arca com as consequências da ameaça de falta de comida e corre aos supermercados.
Parece não haver clareza entre a ‘greve’ e a destruição do país iniciada com o golpe de agosto de 2016, até porque a Globo ajuda na confusão.
O movimento dos caminhoneiros e seus desdobramentos são mais uma etapa do golpe. Não há guerra por diesel, mas uma briga por espaços, por discursos e por tentativas de cooptação de sentimentos, demandas, sonhos e pesadelos.
Mas quem disser que matou a charada do que está acontecendo certamente estará blefando. A única certeza é a de que a direita perdeu o controle do golpe.
E que Pedro Parente, o homem escolhido para salvar, não a Petrobras, mas os acionistas externos da empresa, pode ser o coveiro dos golpistas e do Quadrilhão.
O golpe ainda caminha. Para onde? Quem souber, ganha três galões de água mineral e cinco quilos de feijão que mandei colocar no cofre de um banco.
... Ver maisVer menos

Ver no Facebook

Pin It on Pinterest

Share This